Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Debaixo do comboio

Uma mulher de 77 anos viu um comboio passar-lhe literalmente por cima em Barroselas, Viana do Castelo, mas não sofreu um único arranhão nem o seu coração deu sinais de fraqueza, apesar dos problemas cardíacos que a apoquentam.
5 de Março de 2007 às 00:00
Maria Delores Ramos conta como se deitou 'quietinha e muito direitinha' e esperou pelo 'milagre'
Maria Delores Ramos conta como se deitou 'quietinha e muito direitinha' e esperou pelo 'milagre' FOTO: Lusa
“Posso gabar-me de ter aguentado com um comboio em cima de mim”, brinca Maria Delores Ramos, já refeita do susto que apanhou a 15 de Fevereiro, na antiga passagem de nível de Teixe, em Barroselas, entretanto encerrada e substituída por um viaduto.
Nesse dia, ao transpor um carril, caiu e não conseguiu voltar a levantar-se por causa da artrose que lhe debilita as pernas. “A muito custo lá me consegui sentar no meio da linha e por ali fiquei à espera que alguém passasse para me ajudar. Mas não passou ninguém. Quem passou foi o comboio. Foi Deus e Nossa Senhora de Fátima que me salvaram”, conta a idosa.
Denotando um sangue-frio e uma lucidez impressionantes, deitou-se ao longo da linha e ficou ali “quietinha e muito direitinha” à espera que o comboio lhe passasse por cima. “Olhe, comecei a rezar e a pedir perdão a Deus pelos meus pecados. Mas quando vi que a primeira carruagem passou por cima de mim e nem me tocou, pensei logo que estava safa. E safei-me mesmo”, acrescenta.
O comboio acabou por parar, cobrindo ainda parte do corpo da mulher, e o maquinista foi a correr ver o que se tinha passado, tendo ficado “embasbacado” quando a viu sã e salva, “sem um único arranhão”.
19 MORTOS EM 2006
O número de acidentes com viatura e peões nas passagens de nível tem vindo a diminuir desde há seis anos consecutivos, mas mesmo assim registaram-se 139 mortes nesse período, segundo dados fornecidos à Lusa pela Refer – Rede Ferroviária.
Em 1996 ocorreram 147 acidentes com viaturas e peões, tendo morrido 26 pessoas. Registaram-se 28 feridos graves e 12 ligeiros.
Embora não consecutivamente, os números têm vindo a descer e em 2006 houve registo de 19 mortos, nove feridos graves e dez feridos ligeiros.
NOTAS
- A Refer está desde a sua criação, em 1997, a desenvolver um projecto de supressão de passagens de nível e de requalificação com o propósito de reduzir a sinistralidade nos atravessamentos da via férrea. O objectivo para os próximos anos continua a ser o da supressão e requalificação das passagens de nível.
- Emília Alves nunca assistiu a nenhum acidente mas conta que já ficou “muitas vezes a tremer” na passagem de nível das Caldas da Rainha, na linha do Oeste. Uma vez, recorda, estavam as cancelas fechadas e uma idosa teimou em atravessar. “A meio da linha tropeça e cai e eu fui lá apanhá-la. Por centímetros não morremos.”
- Há 23 anos a guardar passagens de nível na linha de Cascais, Silvéria Nunes, de 54 anos, diz que “felizmente” nunca assistiu a nenhum acidente, apesar de quase todos os dias “apanhar sustos”. Actualmente, vigia a estação de S. João do Estoril, a única da linha de Cascais que ainda tem guarda.
- Centenas de pessoas põem todos os dias a vida em risco quando atravessam as linhas de comboio na Estação de São Pedro do Estoril. Há placas bem visíveis a proibir a circulação pelas linhas, mas a distância da passagem pedonal leva as os passageiros a arriscarem.
SAIBA MAIS
PASSAGENS DE NÍVEL
Cerca de duas mil passagens de nível foram destruídas nos últimos dez anos. Em 1996 existam em Portugal 3295, em Dezembro último eram 1297, das quais 492 sem guarda e 136 particulares. Os novos projectos a Refer não incluem a construção de passagens de nível.
ATRASO LISBOA-PORTO
CP e Refer não chegaram a acordo para reduzir o tempo de viagem Lisboa-Porto no Alfa Pendular das actuais três horas e dez minutos para duas horas e 35 minutos até 10 de Março.
OS PIORES DA EUROPA
Portugal tem os comboios mais mortíferos da Europa dos 25. Segundo o relatório ‘Acidentes no Transporte Ferroviário na União Europeia em 2004’ morreram no nosso país 101 pessoas. Colhidas em passagens de nível foram 26.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)