Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Deco revela seis aparelhos perigosos

A associação de defesa dos consumidores Deco alerta para a venda de electrodomésticos baratos sem controlo rigoroso susceptíveis de pôr em risco o consumidor.
21 de Agosto de 2007 às 00:00
Risco de curto-circuito
Risco de curto-circuito FOTO: direitos reservados
Na edição de Setembro, a revista ‘Proteste’ publica um teste a 25 pequenos electrodomésticos com preços entre os 7 e os 15 euros e identificou “seis perigosos”. Nenhum foi retirado do mercado.
O ferro de engomar Becken YPF 2001, vendido nas lojas Worten, foi eliminado devido a um mau isolamento contra a humidade, o que permite a acumulação de água em partes activas, podendo provocar um curto-circuito.
A sanduicheira Electronia FS-8008, da Rádio Popular, e os secadores de cabelo Electric Co RCY-25, do Feira Nova, e Elta HT-160, do Jumbo, chumbaram na resistência, já que em queda ou impacto se partem e deixam partes activas acessíveis. Fonte do Feira Nova diz que “o produto em causa, há dois anos no mercado, garante todas as normas de segurança”.
As sanduicheiras Jocel TO-102ª, do Carrefour, e Worten Perfectoast II, da Worten, embora cumpram a lei, são perigosas por atingirem temperaturas superiores a 100 graus. A Deco informou a Comissão de Segurança de Serviços e Bens de Consumo da Direcção-Geral de Consumidor para retirar estes produtos do mercado. O que não ocorreu.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)