Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Defesa contra prisão preventiva do ‘rei Ghob’

A defesa do ‘rei Ghob’ apresentou ontem o recurso da prisão preventiva ao Tribunal da Relação de Lisboa. "Os factos que a PJ imputa ao meu cliente não estão suficientemente consolidados para que se decretasse prisão preventiva", explicou ao CM Fernando Carvalhal, na altura em que anunciou que ia recorrer da medida de coacção.
11 de Agosto de 2010 às 00:30
Francisco Leitão junto à casa-castelo que construiu em Carqueja
Francisco Leitão junto à casa-castelo que construiu em Carqueja FOTO: Tiago Sousa Dias

No recurso, o advogado coloca ainda em causa a credibilidade da família das vítimas e recusa que haja o perigo de Francisco Leitão fugir.

O cliente de Carvalhal é suspeito da morte de três jovens: Ivo Delgado, de 22 anos, Tânia Ramos, 27 e Joana Correia, de 16. A tese da PJ é que o ‘rei Ghob’ tenha matado os três por ciúmes e terá depois escondido os corpos numa área de mato entre Torres Vedras, Peniche e Caldas da Rainha.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)