Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Defesa de Rosa Grilo pede repetição do julgamento sobre morte do triatleta

Viúva do triatleta foi condenada a 25 anos de prisão pela morte do marido, Luís Grilo.
Miguel Curado 4 de Março de 2021 às 12:52
Rosa Grilo
Rosa Grilo FOTO: Direitos Reservados
Decorreu esta quinta-feira uma audiência da 5.ª secção do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) onde a defesa de Rosa Grilo, condenada a 25 anos de prisão pela morte do marido, pediu a repetição do julgamento.

A sessão decorreu por videoconferência. O juiz relator do processo do Supremo permitiu à defesa da viúva do triatleta, Luís Grilo, apresentar argumentos em defesa do recurso colocado.

Tânia Reis, advogada de Rosa, alegou vários pontos para justificar a decisão. Primeiramente as inconstitucionalidades da apreciação de prova, uma vez que "não se sabe quem fez o quê", relembrou a advogada e o impedimento, levantado pelo tribunal de Loures, sobre a audição do perito forense João de Sousa, atualmente assistente da defesa de Rosa.

Por sua vez, o Ministério Público (MP) afirma que as provas foram apreciadas.

Tânia Reis pediu deferimento do recurso que remete à 1.ª instância. Ricardo Serrano Vieira, advogado de defesa do amante, António Joaquim, também concordou com a ideia de que existem dúvidas sobre o crime.

A decisão será conhecida a 25 de março.
Ver comentários