Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

DEFICIENTE DESESPERA SEM CARRO

Francisco Pereira, vítima de poliomielite quando era criança e actualmente com 44 anos, aguarda desde 12 de Agosto que a Hyundai solucione uma avaria verificada no seu carro de caixa automática.
27 de Setembro de 2004 às 00:00
Presidente da Jovem Valor teve de transformar a sua casa em sede
Presidente da Jovem Valor teve de transformar a sua casa em sede FOTO: Manuel Moreira
Com uma incapacidade de 75 por cento na sua mobilidade, o presidente da Associação Jovem Valor ficou sem automóvel para deslocar-se e o meio é essencial para que possa resolver os problemas da entidade que visa a inserção de jovens deficientes na vida activa.
"A solução que encontrei, com fortes limitações, foi adaptar a minha casa, na Serra das Minas (Sintra), para a partir desta dirigir a Jovem Valor", referiu ao CM. "A falta de automóvel trouxe dificuldades irreparáveis para cerca de 200 jovens. Fico em casa e os miúdos acabam por também ficar."
No entreposto da Hyundai de Rio de Mouro/Cacém, o CM apurou que "não há ainda uma data prevista para o carro ficar reparado". "Foi detectada uma avaria na caixa de velocidades, esta foi enviada para a Holanda para ser reparada e agora aguardamos a conclusão do trabalho", disse Hugo Caldeira, chefe de oficina da empresa.
"SINTO-ME ENGANADO"
Francisco Pereira defende acerrimamente que "deveria existir por parte das empresas uma maior responsabilidade nestas situações". "Só depois de muita insistência da minha parte é que me foi entregue um veículo de substituição, que, pasme-se, é um carro perfeitamente normal. Ou seja, não me serve para nada."
"Se não têm capacidade não vendam destes veículos. Sinto que fui enganado", reclama Francisco Pereira. Até porque a hipótese de deslocar-se de táxi ou em carro está absolutamente fora de questão: "a associação não tem capacidade para suportar tais custos e eu também não".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)