Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Deixa mulher em coma com água a ferver

Manuel Carmo começa a ser julgado esta quarta-feira por um ataque à ex-companheira, de 34 anos.
Tiago Griff 8 de Março de 2017 às 08:47
Manuel Carmo começa a ser julgado esta quarta-feira
Casa onde ocorreu o crime
Manuel Carmo começa a ser julgado esta quarta-feira
Casa onde ocorreu o crime
Manuel Carmo começa a ser julgado esta quarta-feira
Casa onde ocorreu o crime
Começa hoje o julgamento que senta no banco dos réus Manuel Carmo, de 47 anos, que, em 2015, atirou água a ferver para cima da então companheira, A.V., de 34, em Olhão, após uma discussão.

A vítima, que sobreviveu, foi levada para Lisboa de urgência e posta em coma induzido devido aos graves ferimentos.

O caso remonta à madrugada de 23 de dezembro de 2015, numa habitação no bairro do Galinho, Olhão. O ataque surgiu na sequência de uma discussão em que A.V. expulsou Manuel Carmo de casa.

Este, num ataque de fúria, regressou a casa e atirou o conteúdo de uma panela de água a ferver, que tinha posto no fogão.

A vítima, que estava a dormir na altura, ficou com queimaduras de 2º e 3º graus e foi transportada para o Hospital de São José, Lisboa. Devido às dores, os médicos tiveram de lhe induzir o coma.
coma mulher água ferver crime Algarve Olhão Manuel Carmo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)