Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Deixa rasto de sangue na rua e morre em casa

Norueguês de 70 anos estava de férias e foi ontem encontrado morto em casa de um amigo.
José Carlos Eusébio e Rui Pando Gomes 14 de Novembro de 2017 às 01:30
Judiciária investiga a morte de norueguês em apartamento
Judiciária investiga a morte de norueguês em apartamento
Judiciária investiga a morte de norueguês em apartamento
Judiciária investiga a morte de norueguês em apartamento
Judiciária investiga a morte de norueguês em apartamento
Judiciária investiga a morte de norueguês em apartamento
Judiciária investiga a morte de norueguês em apartamento
Judiciária investiga a morte de norueguês em apartamento
Judiciária investiga a morte de norueguês em apartamento
"Aquilo estava tudo cheio de sangue, na entrada e dentro de casa", contou ao CM José Pina, que mora no mesmo edifício onde, na madrugada de ontem, foi encontrado um norueguês de 70 anos morto num apartamento, em Pera, no concelho de Silves.

A vítima estava a passar férias na casa de um amigo e tinha sido vista anteriormente a consumir bebidas alcoólicas. A Polícia Judiciária está a investigar.

Além do sangue na entrada do prédio e no apartamento, foi ainda descoberto um rasto de sangue em várias ruas de Pera.

Ao que tudo indica, o homem poderá ter caído ou ter sido agredido quando caminhava de regresso a casa. José Pina chegou a falar com o amigo da vítima, também norueguês, de cerca de 70 anos, que lhe disse que não sabia o que se tinha passado, porque o homem chegou a casa já cheio de sangue.

O norueguês foi visto no domingo a consumir bebidas alcoólicas em cafés e bares da vila. Depois, foi encontrado na rua em situação muito debilitada e chegou a ser transportado ao Serviço de Urgência Básica de Albufeira para ser assistido. Não se sabe o que aconteceu após regressar a Pera até chegar ao apartamento do amigo.

A GNR foi a primeira força de segurança a comparecer no local, mas devido ao facto de o corpo apresentar ferimentos, a Polícia Judiciária tomou conta da investigação do caso.

O corpo foi removido para o gabinete médico-legal de Portimão onde será sujeito a autópsia.
Ver comentários