Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Demitido o almirante António Mendes Calado, Chefe do Estado-Maior da Armada

Gouveia e Melo vai ser proposto para substituir Mendes Calado, que exercia as funções desde março de 2018.
Correio da Manhã e Lusa 28 de Setembro de 2021 às 22:07
Almirante António Maria Mendes Calado
Almirante António Maria Mendes Calado FOTO: Lusa

O Almirante António Mendes Calado, chefe do Estado-Maior da Armada, foi demitido, confirma ao CM fonte militar.

O Correio da Manhã pediu uma reação à Marinha, que até ao momento não prestou declarações.

Segundo a Lusa, a demissão surge proposta pelo ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho. 

Mendes Calado exercia as funções desde março de 2018 e havia sido reconduzido no cargo em fevereiro deste ano. Cumpria-las agora por um período máximo de dois anos.

Os chefes do Estado-Maior dos ramos são nomeados e exonerados pelo Presidente da República, sob proposta do Governo, a qual deve ser precedida da audição, através do ministro da Defesa Nacional, do CEMGFA, prevê a lei orgânica das Forças Armadas.

Vice-Almirante Gouveia e Melo vai ser proposto para substituir atual CEMA
O vice-almirante Gouveia e Melo vai ser proposto pelo Governo ao Presidente da República para substituir o atual Chefe do Estado-Maior da Armada que vai ser exonerado, adiantou à Lusa fonte próxima do processo.

A informação foi confirmada à Lusa por uma fonte próxima do processo e ligada à Defesa Nacional.

Henrique Gouveia e Melo assumiu o comando da 'task force' no passado dia 03 de fevereiro, na sequência da demissão do anterior coordenador Francisco Ramos, que esteve pouco mais de dois meses à frente da equipa.

Mendes Calado política António Mendes Calado política defesa forças armadas
Ver comentários