Demolições terminam na ilha da Culatra

Em dois dias foram demolidas 12 casas.
Por Rafael Duarte|09.11.18
  • partilhe
  • 1
  • +
Foram as últimas 12 casas demolidas na ilha da Culatra no âmbito do programa Polis. Ao longo do dia de ontem, as últimas habitações classificadas como ilegais e em risco foram abaixo no núcleo dos Hangares, depois de, na véspera, o mesmo ter acontecido no núcleo do Farol.

Os poucos proprietários presentes, às 10h00, quando as máquinas começaram a trabalhar, foram abandonado o local, para não verem as próprias casas serem demolidas. José Lezinho, presidente da Associação de Moradores dos Hangares, lamentou "toda esta situação" que classificou como "uma desolação para as famílias que habitam nos Hangares".

José Lezinho garante ainda que "a associação, em nome dos moradores, tentou fazer tudo o que estava ao seu alcance para travar este processo" que, no seu entender, foi "mal concebido desde início". Agora, só espera "que este seja o fim de uma história triste".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!