Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

DERROCADA FERE TRÊS NA LOURINHÃ

A derrocada de uma placa do novo auditório da Associação Musical e Artística Lourinhanense, na Lourinhã, provocou ontem ferimentos ligeiros em três operários.
13 de Maio de 2003 às 14:14
DERROCADA FERE TRÊS NA LOURINHÃ
DERROCADA FERE TRÊS NA LOURINHÃ
Henrique Alberto Gomes Domingos, de 38 anos, João Furtado Gonçalves, de 32, residentes em Alcobaça, e José António Carvalho Silva, de 30, morador nas Caldas da Rainha, foram conduzidos ao Centro de Saúde da Lourinhã e ao Hospital Distrital de Torres Vedras, e um deles transferido para o Hospital de S. José, em Lisboa.
Os operários apresentavam escoriações, vista afectada e suspeita de fracturas nos pés e na coluna dorso-lombar, revelaram os Bombeiros Voluntários da Lourinhã.
O acidente ocorreu pelas 13h00 e havia seis trabalhadores em cima da placa. "Quando estavam a fazer o enchimento da cobertura do futuro auditório da sede, partiu--se um prumo, ou uma tábua, fazendo cair a estrutura", explicou Fernando Gonçalves, presidente da colectividade dona da obra, executada por uma empresa de Alcobaça.
Euclides Monteiro, inspector do IDICT de Torres Vedras, revelou que “terá havido uma cedência dos materiais que suportavam a estrutura da laje” e que vai ser aberto um inquérito, mas a obra prossegue.
Entre Janeiro e final de Abril, morreram 67 pessoas em acidentes de trabalho, menos 19 que nos períodos homólogos de 2002 e 2001.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)