Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Desaparecido há quatro dias encontrado morto numa ravina em Aljezur

Arménio Costa, de 62 anos, terá sofrido um despiste com a carrinha que conduzia.
Rui Pando Gomes 19 de Julho de 2020 às 09:43
Arménio Costa tinha 62 anos
Arménio Costa tinha 62 anos
Bombeiros participaram  nas buscas
Arménio Costa tinha 62 anos
Arménio Costa tinha 62 anos
Bombeiros participaram  nas buscas
Arménio Costa tinha 62 anos
Arménio Costa tinha 62 anos
Bombeiros participaram  nas buscas
O homem que estava desaparecido há quatro dias, em Aljezur, foi ontem encontrado morto. Arménio Costa, de 62 anos, terá sofrido um despiste com a carrinha que conduzia no dia em que desapareceu e só ontem à tarde é que foi encontrado, já sem vida, no fundo de uma ravina, na zona de Martins Estevens, a cerca de três quilómetros de casa.

A vítima residia na zona do Carrascalinho e foi vista pela última vez num café, na quarta-feira à tarde, em Aljezur. Terá sido quando seguia para casa que sofreu o acidente. O último sinal do telemóvel foi registado na quinta-feira de manhã. Os familiares alertaram a GNR e começaram a fazer buscas com a ajuda de amigos, bombeiros e sapadores florestais.

O filho da vítima, João Costa, lamentou ontem ao Correio da Manhã que as autoridades "não tenham acionado mais meios para fazer buscas num caso de emergência".
Martins Estevens Aljezur Arménio Costa organizações de socorro acidentes e desastres
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)