Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Desespero leva casal idoso a pacto de morte

Vítimas de 82 e 84 anos encontradas mortas na cama, lado a lado, perto de braseira, no quarto fechado.
João Tavares 16 de Abril de 2019 às 01:30
INEM declarou os óbitos e os corpos das duas vítimas foram ontem retirados de casa, na rua Alexandre Herculano
Casal encontrado morto no Seixal
Casal encontrado morto em casa no Seixal. Idosos deixaram carta
INEM declarou os óbitos e os corpos das duas vítimas foram ontem retirados de casa, na rua Alexandre Herculano
Casal encontrado morto no Seixal
Casal encontrado morto em casa no Seixal. Idosos deixaram carta
INEM declarou os óbitos e os corpos das duas vítimas foram ontem retirados de casa, na rua Alexandre Herculano
Casal encontrado morto no Seixal
Casal encontrado morto em casa no Seixal. Idosos deixaram carta
Quando entrou na casa do casal de idosos a quem prestava assistência, esta segunda-feira durante a manhã, na Amora, Seixal, uma mulher deparou-se com um cenário macabro: descobriu o casal – ele de 84 anos e ela de 82 – numa cama, deitados lado a lado.

Estavam ambos mortos.

As autoridades afastam qualquer cenário de crime, dando a entender que se tratou de um pacto de morte: a idosa encontrava-se, segundo os vizinhos, debilitada, já que sofria de Alzheimer.

Uma morte combinada, o que é reforçado com o facto de ter sido encontrada uma carta na casa, onde estava descrita a intenção dos dois idosos. Estes recebiam de forma frequente a visita de familiares.

Ao que tudo indica, a inalação de monóxido de carbono terá provocado as mortes, num primeiro andar do nº 9 da rua Alexandre Herculano.

Isto porque as duas vítimas encontravam-se dentro do quarto, de porta fechada, com uma braseira no interior da divisão. Uma braseira que ali terá sido colocada de forma propositada.

O INEM declarou os óbitos e a PSP e a PJ estiveram no local. Os bombeiros Mistos da Amora recolheram os dois corpos.

Casal atira-se para ribeiro atado por corda
Há quase um ano, dois idosos na casa dos 70 anos foram encontrados atados por uma corda e caídos num ribeiro junto à capela de Nossa Senhora das Neves, em Correlhã, Ponte de Lima. O casal foi encontrado já sem vida.

Tinham morrido afogados, também num pacto de morte. A Polícia Judiciária de Braga afastou, de imediato, a intervenção de terceiros na morte do homem e da mulher. Foram os populares a dar o alerta às autoridades.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)