Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Desmantelada rede de tráfico de droga

A operação já estava desenhada há vários dias, mas só ao final da tarde de segunda-feira a Brigada de Investigação Criminal da PSP de Vila Real de Santo António (V.R.S.A.) avançou em força para o terreno.
7 de Fevereiro de 2008 às 00:30
O resultado foram oito detenções, seis homens e duas mulheres, com idades entre os 25 e os 52 anos, e diversos equipamentos e objectos usados para a divisão e doseamento de droga, com destaque para uma balança de precisão digital. Foram apreendidas várias doses de haxixe, cocaína e comprimidos de ecstasy, além de terem sido recuperados diversos objectos furtados, entre eles jóias, e 1500 euros em dinheiro.
Ao que o CM apurou junto de fonte policial, os detidos residem em V.R.S.A. e Castro Marim, pertencem a uma das redes de tráfico de droga mais activas na zona do Sotavento que “já estava sob observação desde 2005”. As autoridades intensificaram a investigação há seis meses e avançaram para detenções há duas semanas.
Segundo a mesma fonte, os oito detidos, cinco com antecedentes criminais (ver caixa), “pertencem à mesma rede de quatro indivíduos detidos há duas semanas pela prática da mesma actividade”. Na altura, após buscas a residências, armazéns e estabelecimentos, foram apreendidas 15140 doses de haxixe, num total de cerca de cinco mil quilos de produto estupefaciente.
Além destes 12 elementos o CM sabe que estão a ser procurados mais dois indivíduos da rede, que as autoridades suspeitam que tenham fugido após terem tido conhecimento da operação.
Os oito detidos estavam ontem a ser ouvidos por um juiz no Tribunal de Faro. À hora de fecho desta edição ainda não eram conhecidas as medidas de coacção.
CINCO COM CADASTRO
Cinco dos oito detidos pela PSP em Vila Real de Santo António já têm antecedentes criminais pela prática de actividades ligadas ao tráfico de droga. Quatro deles são bastante conhecidos das autoridades e já cumpriram penas efectivas de prisão, com destaque para um indivíduo de 52 anos que foi condenado a uma pena de vinte anos por um tribunal em Espanha. Outro encontrava-se com pena de prisão suspensa, depois de condenado a uma pena também pesada. Segundo fonte policial, os quatro indivíduos detidos há duas semanas “são também conhecidos das autoridades” e pertencem ao mesmo grupo que tinha base de actuação no antigo Bairro 28 de Setembro.
Ver comentários