Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

DESPEJADO PELA MULHER FOI AGREDIDO E ASSALTADO

Reformado por invalidez, André Ramalho, de 72 anos, foi expulso de casa pela mulher, com quem casou há 42 anos. Pai de quatro filhos, o septuagenário habita, desde Março, uma barraca: uma divisão de dois metros quadrados, construída por si com chapas, plásticos e madeiras.Como se não bastasse a miséria, ontem foi assaltado por três indivíduos, que o agrediram e levaram os cinco euros que tinha para comer.
10 de Outubro de 2004 às 00:00
André Ramalho construiu a barraca para poder abrigar-se durante a noite. Ontem foi assaltado
André Ramalho construiu a barraca para poder abrigar-se durante a noite. Ontem foi assaltado FOTO: Manuel Moreira
Dentro da barraca tem roupa pendurada e cobertores no chão de terra. As necessidades fá-las onde calha e as refeições, toma uma por dia num café perto da residência, no centro de Odivelas.
Antes de ser despejado, Ramalho perdeu o direito a ter chave de casa e ganhou horário de entrada e saída no lar. "Ela [a mulher] mandava- -me embora pelas 06h00 e só me deixava entrar depois das 20h00", conta. "A casa é alugada e está em nome dela", esclarece, frisando que a mulher "nunca se portou mal. Ela é ruim. É de gancho".
Ramalho ganhou a vida como pedreiro e hoje, pensionista, recebe 318 euros, diz. O dinheiro entrega-o a uma amiga: "A Dona São, empregada num café/restaurante onde almoço. Ela guarda-mo e todos os dias dá-me cinco euros para eu tomar um café ou o que quiser."
Ontem, Ramalho ficou sem o dinheiro. "Foi agredido e assaltado por três indivíduos que o atiraram ao chão. Roubaram-lhe os cinco euros e os cartões da caixa", conta Silva Fernandes, vizinho de Ramalho que tem acompanhado a sua triste sorte. "O que me dói é vê-lo a dormir ali", na barraca que nem chega a sê-lo.
E os filhos? "Não querem saber de mim. A não ser o mais velho que vem ver se ainda estou vivo", diz André Ramalho.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)