Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

DESPEJADOS NUM PARQUE DE CAMPISMO

Uma família portimonense – pai, filho, nora e neto, este de apenas nove meses – está a passar as ‘passas do Algarve’ na zona de Marselha, França, devido ao facto de os dois homens terem sido “enganados” pelo patrão, um inglês.
27 de Maio de 2004 às 00:00
Contactado pelo CM, Jorge Paulo Gomes, o pai, confirmou estarem a viver momentos “dramáticos”: “Além de não nos querer pagar, o patrão tirou-nos a casa e despejou-nos num parque de campismo, sem quaisquer meios. Temos passado bastante mal e se não fosse uma família portuguesa que cá está ter ajudado a minha nora e o meu neto, não sei como seria. Eu vim para França com 80 quilos e agora já só tenho cerca de 66”, disse, revelando contudo que, “depois de muito pedir, lá conseguimos arranjar dinheiro para regressar a Portugal, o que deverá acontecer sexta-feira”.
Quem não descansa “enquanto não os vir a todos sãos e salvos” é Conceição Tavares e Rosa Mateus, respectivamente irmã e ex-mulher de Jorge Paulo Gomes, segundo as quais tudo começou quando ele e o filho responderam a um anúncio num jornal local, a pedir trabalhadores para a construção, em França.
“Prometeram-lhes tudo e até disseram ao Rui para chamar a mulher e o filho. Afinal, não cumpriram nada”, disse Rosa Mateus, para quem “é importante denunciar a situação, para evitar que outros caiam na mesma armadilha”.
Ver comentários