Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Despista carro e vê filho morrer

Um despiste, seguido de capotamento, causou quinta-feira à noite a morte de um rapaz de 12 anos que seguia num carro conduzido pelo pai, na estrada municipal nº 595, em Pedreles, Mangualde. Fábio Freitas foi projectado do veículo e morreu, numa ambulância, a caminho do Hospital de Viseu.

18 de Fevereiro de 2012 às 01:00
Fábio Freitas, de 12 anos, morreu dentro da ambulância a caminho do hospital
Fábio Freitas, de 12 anos, morreu dentro da ambulância a caminho do hospital FOTO: Nuno André Ferreira

O pai, José Freitas, 50 anos, condutor do Peugeot 307, está internado no serviço de Ortopedia, com um braço partido e fractura nas costelas. Está em estado de choque. "Entraram por uma mata e embateram com violência em algumas árvores", contou ontem Carlos Carvalho, comandante dos bombeiros de Mangualde.

José Freitas – que diz não se recordar do acidente – está emigrado em Londres há mais de 40 anos, onde é dono de uma oficina de mecânica. O filho estudava naquela cidade. Estavam em Portugal de férias desde quarta--feira e regressavam, pelas 23h45, de um passeio em Mangualde quando aconteceu o acidente. Pensavam voltar a Inglaterra na próxima segunda-feira. O excesso de velocidade e as aparentes más condições dos pneus terão contribuído para o desastre.

O funeral de Fábio Freitas realiza-se amanhã, às 15h30, para o Cemitério de Alcafache.

despiste mangualde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)