Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Despiste brutal fere 5 militares

Elementos do Exército iam para o quartel da Carregueira.
João Tavares 1 de Abril de 2017 às 09:37
Viatura galgou o separador e imobilizou-se fora da via
Circunstâncias em que ocorreu o despiste estão a ser investigadas
Violência do acidente é visível no carro
Viatura galgou o separador e imobilizou-se fora da via
Circunstâncias em que ocorreu o despiste estão a ser investigadas
Violência do acidente é visível no carro
Viatura galgou o separador e imobilizou-se fora da via
Circunstâncias em que ocorreu o despiste estão a ser investigadas
Violência do acidente é visível no carro
Os cinco amigos militares regressavam de carro ao quartel da Carregueira, em Sintra, mas a viagem foi interrompida por um brutal acidente.

O Renault onde seguiam acabou por sair da estrada no IC19, no sentido Lisboa-Sintra, junto à saída para Queluz de Baixo. Os militares, pertencentes ao Exército, ficaram feridos e foram hospitalizados. O condutor foi mesmo transportado em estado grave com múltiplos ferimentos.

As autoridades tentam perceber em que circunstâncias se deu o despiste, cujo alerta foi dado pelas 05h25 da madrugada. A violência do embate foi tal que a viatura galgou o separador junto à saída para Queluz de Baixo. O carro acabou por se imobilizar já fora de estrada, com as quatro rodas viradas para cima.

Os destroços da viatura ficaram espalhados pela via, o que causou o despiste de um outro carro, ainda que sem consequências físicas para os ocupantes.

Os Bombeiros de Queluz acabaram por socorrer as vítimas, contando ainda com o apoio das corporações da Amadora e Algueirão-Mem Martins, além de duas equipas médicas do INEM. Feita uma primeira avaliação no local, quatro dos militares foram considerados feridos ligeiros. Três foram para o Hospital de Santa Maria e um para o Amadora-Sintra.

Já o condutor, desencarcerado pelos bombeiros, foi em estado grave para o Hospital de São José. Fonte do Exército confirmou ao CM o acidente, realçando que a viatura era civil e que os militares não estavam ao serviço.
despiste brutal militares sintra ic19 Exército Carregueira
Ver comentários