Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Destacamento português na Lituânia cumpriu 220 horas de voo

Missão da NATO iniciou-se em setembro.
30 de Outubro de 2014 às 19:02
O contingente português é composto por 70 homens e seis F-16
O contingente português é composto por 70 homens e seis F-16 FOTO: João Matias

O destacamento português na missão da NATO de policiamento do espaço aéreo do Báltico, que opera a partir da base de Siauliai, Lituânia, cumpriu desde o início de setembro 220 horas de voo, disse à Lusa fonte militar.

O contingente português é composto por 70 homens e seis F-16, sendo que dois regressaram recentemente à Base Aérea nº 5 (Monte Real) - mantendo-se no entanto ao serviço da missão - por falta de condições logísticas na base de Siauliai capazes de preservar do frio os sistemas das aeronaves.

Contactada pela Lusa, fonte militar adiantou que desde o início da missão, no dia 1 de setembro, a força portuguesa cumpriu, 220 horas de voo, entre missões reais e de treino.

O contingente português - que recebeu a visita do Chefe do Estado-Maior da Força Aérea nos dias 23 e 24 de outubro - termina a missão no dia 31 de dezembro, liderando até lá as operações de vigilância aérea no Báltico, que conta também com a participação de forças do Canadá, da Alemanha (na base de Amari, Estónia) e da Holanda (na base de Malbork, Polónia), num total de 16 aeronaves caça.

Lituânia NATO Força Aérea Mar Báltico missão horas voo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)