Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Detida suspeita de atear incêndio numa moradia em Matosinhos

Fogo ocorreu na semana passada.
22 de Outubro de 2014 às 13:15
Jovem, de 21 anos, foi detido pela Polícia Judiciária
Jovem, de 21 anos, foi detido pela Polícia Judiciária FOTO: Luís Vieira

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quarta-feira a detenção da presumível autora de um crime de incêndio urbano ocorrido na sexta-feira numa moradia, em Matosinhos, onde a suspeita residia até ser desalojada pela proprietária em finais de 2013.


Em comunicado, a diretoria do Norte da PJ adianta que, "por vingança", a suspeita ter-se-á introduzido "de forma ilícita na moradia, arrombando uma janela, e ateou um foco de incêndio, com recurso a um isqueiro e gasolina, regando com este acelerante o seu interior e causando a destruição parcial do imóvel e do recheio".


"O restante local onde deflagrou o incêndio urbano correu perigo efetivo, mormente a residência contígua, a qual só não foi atingida porque foi imediatamente detetado e combatido pelos bombeiros", destaca.


De acordo com o comunicado, a detida tem 59 anos e encontra-se desempregada.

detenção incêndio moradia matosinhos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)