Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

DETIDO EM CASA VIOLOU VIZINHA

Um homem de 45 anos, a cumprir prisão domiciliária por tentativa de violação, foi ontem detido pela PSP do Barreiro, depois de ter sido apanhado, em flagrante delito, a violar uma jovem de 21 anos, residente no mesmo prédio. O indivíduo utilizou uma prancha de alumínio para se introduzir na residência da vítima.
10 de Julho de 2002 às 21:27
A morar numa rua do centro do Barreiro, o indivíduo em causa, pedreiro de profissão, tinha tido recentes problemas com a lei. “Na semana passada ele foi detido por, em plena via pública, ter tentado violar uma jovem”, salientou ao Correio da Manhã uma fonte ligada ao processo.

Presente ao Tribunal Judicial da Comarca do Barreiro, o sujeito recebeu a prisão domiciliária como medida de coacção, até posterior conclusão do processo.

Na manhã de ontem, e apesar de se encontrar retido na sua própria casa, o pedreiro voltou a atacar. Pouco depois das 07h30, a PSP do Barreiro foi alertada por uma chamada anónima dando conta de gritos de socorro num prédio do centro da cidade, cuja morada se omite para impedir a identificação da vítima.

Enviados ao local, os agentes policiais notaram a presença de um elemento estranho no último andar do prédio, o quinto, onde pretendiam entrar. “Uma prancha de alumínio estava colocada na separação entre as varandas dos dois apartamentos”, referiu a mesma fonte.

Intrigados, os agentes subiram ao último andar do prédio, onde só o silêncio os recebeu. No entanto, movidos por um possível alerta de violação, os polícias decidiram arrombar a porta principal de um dos imóveis, vindo a confirmar o cenário de crime.

“Os agentes viram o indivíduo, de 45 anos, que se encontrava em prisão domiciliária, deitado em cima de uma jovem de 21 anos, a tapar-lhe a boca, consumando um acto sexual forçado”, explicou.

Imediatamente detido, o sujeito confessou o crime, adiantando que esperou que os pais da vítima, residente no apartamento ao lado do seu, saíssem de casa para se introduzir nesta, efectivando a violação.

A jovem, que afirmou ter sido ameaçada com uma faca, foi levada, em estado de choque, para o Hospital do Barreiro, sendo depois conduzida ao Instituto de Medicina Legal, em Lisboa, para a realização de exames.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)