Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Detido homem suspeito de atear fogo que destruiu clube fluvial de Odemira

Instalações foram consumidas pelas chamas este sábado.
Joaquim Bernardo 10 de Outubro de 2021 às 12:36
A carregar o vídeo ...
Detido homem suspeito de atear fogo em clube fluvial de Odemira
Um homem de 35 anos foi detido por suspeitas de ter ateado o incêndio que consumiu o Clube Fluvial Odemirense, junto ao Rio Mira, em Odemira.

As instalações foram destruídas pelas chamas este sábado. Ilídio Soares, presidente do Clube Fluvial Odemirense confirmou ao CM que "apontamos para um prejuízo de 100 mil euros, o pior foi que perdemos o trabalho de 30 anos em poucos minutos, arderam cerca de 60 embarcações que estavam guardadas e o ginásio ficou completamente destruído".

O Clube Fluvial Odemirense, que foi fundado em 1984, conta atualmente com meia centena de atletas de vários escalões, que ficaram sem condições para treinar e competir.

No combate às chamas estiveram os Bombeiros Voluntários de Odemira com 10 operacionais, apoiados por cinco viaturas.

Odemira Clube Fluvial Odemirense Rio Mira desporto
Ver comentários