Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Dez mortos em cerca de 3.400 acidentes na operação "Natal e Ano Novo" da GNR

Guarda Nacional Republicana contabiliza 929 feridos ligeiros durante a operação.
Lusa 5 de Janeiro de 2020 às 18:23
GNR
GNR FOTO: João Miguel Rodrigues
Cerca de 3.400 acidentes rodoviários, que provocaram 10 mortos e 57 feridos graves, foram registados pela GNR desde o dia 20 de dezembro e até às 16h00 de domingo no âmbito da operação "Natal e Ano Novo".

Segundo os dados provisórios divulgados à agência Lusa, a Guarda Nacional Republicana contabiliza também 929 feridos ligeiros durante a operação "Natal e Ano Novo", que termina às 24h00 de domingo.

O oficial de operações no comando-geral da GNR precisou ainda que ocorreram 3.477 desastres desde o dia 20 de dezembro.

A operação "Natal e Ano Novo" da GNR começou no dia 20 de dezembro, com um reforço do patrulhamento rodoviário nas estradas de maior tráfego do país para prevenir acidentes e garantir a fluidez do trânsito.

Para a operação, a GNR mobiliza diariamente cerca de 4.600 militares da Unidade Nacional de Trânsito e dos Comandos Territoriais.

Durante a operação, os militares da corporação estão "particularmente atentos" ao excesso de velocidade, manobras perigosas, ultrapassagens, mudança de direção e de cedência de passagem, uso do telemóvel durante a condução, não circulação na via mais à direita em autoestradas e itinerários principais e complementares e uso do cinto de segurança.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)