Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Dia de trânsito intenso

Entre partidas e regressos de férias, o dia de ontem ficou marcado pelo trânsito intenso nas principais vias do País. Como se previa, milhares de portugueses fizeram-se à estrada, rumando especialmente a Sul
1 de Agosto de 2005 às 00:00
O trânsito estava intenso mas sem paragens na Ponte 25 de Abril
O trânsito estava intenso mas sem paragens na Ponte 25 de Abril FOTO: Sérgio Lemos
Às 20h00, a BT registava “trânsito muito intenso em ambos os sentidos da ligação Lisboa-Algarve, pela A2”. Havia, no entanto, mais trânsito no sentido Sul-Norte – sobretudo a partir de Grândola e à entrada de Lisboa pela Ponte 25 de Abril – sinal que muitos portugueses regressaram ontem a casa, disse ao CM fonte da Brigada de Trânsito (BT).
No Algarve, a situação também se complicou ao princípio da noite – trânsito muito intenso na Via do Infante, nas ligações à IC1 e à saída das portagens da A2.
Quanto à ligação Lisboa-Porto, pela A1, também era uma das grandes preocupações da BT, sobretudo na zona de Alverca que àquela hora registava “muito movimento, embora sem paragens, em direcção a Lisboa”, disse a mesma fonte.
Ao contrário dos números trágicos do dia anterior [ver apoio], ontem não eram conhecidos, até às 20h00, quaisquer acidentes com registo de mortos ou feridos graves.
Situações que se devem muitas vezes “ao excesso de velocidade, manobras perigosas e consumo de álcool”, segundo disse ao CM o Tenente Eduardo Diogo, da BT.
Ao longo de todo o fim-de-semana a BT manteve um efectivo de 1000 homens, em 500 patrulhas, nas estradas portuguesas.
PORMENORES
SÁBADO SANGRENTO
O dia de sábado ficou manchado pela morte de sete pessoas nas estradas portuguesas, aos quais se juntam 13 feridos graves e 125 ligeiros, em consequência dos 279 acidentes registados pela Brigada de Trânsito. Números trágicos no mesmo dia em que 34 pessoas foram detidas por conduzir com uma taxa de álcool superior a 1,2 g/l. Para além destas, a BT identificou mais 59 pessoas com excesso de álcool, num total de 820 condutores controlados.
FRONTEIRA
O dia de ontem decorreu sem incidentes na fronteira de Vilar Formoso, apesar do aumento do número de viaturas que transpõem a fronteira, resultante do regresso para férias dos emigrantes portugueses. Em relação aos fins-de-semana anteriores, notou-se um grande acréscimo do trânsito, mas sem se registarem acidentes.
Ver comentários