Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Diretor julgado por abuso de poder e recebimento indevido

António Duarte garantiu em tribunal que não praticou nenhum dos crimes pelos quais começou a ser julgado.
J.N.P. 19 de Junho de 2019 às 09:06
António Duarte
Tribunal de Santarém
Tribunal de Santarém
Tribunal de Santarém
António Duarte
Tribunal de Santarém
Tribunal de Santarém
Tribunal de Santarém
António Duarte
Tribunal de Santarém
Tribunal de Santarém
Tribunal de Santarém
O ex-diretor do Urbanismo da Câmara de Santarém garantiu ontem em tribunal que não praticou nenhum dos crimes de abuso de poder e recebimento indevido de vantagem pelos quais começou a ser julgado.

António Duarte responde por várias situações em que terá usado da sua posição influente na autarquia para angariar clientes para um gabinete de arquitetura em Lisboa, cuja sócia gerente era a sua filha e para pedir donativos para um centro social do qual era presidente, em Alijó, a troco da aprovação de projetos urbanísticos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)