Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Discriminação tem alvo definido

A maioria dos portugueses considera que a deficiência é a principal causa de discriminação, seguindo-se a idade, o facto de se ser de etnia cigana e a orientação sexual.
24 de Janeiro de 2007 às 00:00
De acordo com o Eurobarómetro ontem divulgado em Bruxelas, para 86 por cento dos inquiridos portugueses ser deficiente é causa de discriminação, enquanto que ter mais de 50 anos é discriminatório na opinião de 80 por cento dos inquiridos. A média europeia, nestes dois itens, é de, respectivamente, 79 por cento e 69 por cento.
Pelo menos três em cada quatro portugueses inquiridos (77 por cento) consideram uma desvantagem social ser de etnia cigana, tal como a homossexualidade (71 por cento) e o facto de ser mulher (42 por cento).
Por outro lado, 32 por cento dos portugueses consideram que quem professa uma outra religião está em desvantagem na sociedade, bem como ter menos de 25 anos (14 %).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)