Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Dispara na A44 e apanha cadeia

Após um desacato no trânsito, na A44, Rodrigo Oliveira não hesitou: disparou, com o carro em andamento, quatro tiros contra o Audi em que seguiam quatro pessoas - entre as quais uma criança, de 9 anos. O Tribunal de Gaia condenou ontem o homem a cinco anos e três meses de cadeia.
3 de Maio de 2013 às 01:00

Tudo aconteceu a 30 de dezembro de 2011. O coletivo de juízes deu como provado que os disparos ocorreram após uma confusão com o condutor do Audi, ultrapassado pela direita pelo arguido. Os quatro tiros furaram o vidro do carro de Rodrigo antes de acertarem no outro automóvel - uma das balas atingiu mesmo o para-brisas.

"O motivo foi mau, mas não foi fútil", disse o juiz-presidente do coletivo, durante a leitura do acórdão. O magistrado entendeu que o arguido estava a passar por uma fase complicada, e acreditou na versão dele - que disse ter achado que estava a ser perseguido pelo condutor do Audi, por causa de dívidas relacionadas com droga.

Acusado de quatro tentativas de homicídio, Rodrigo Oliveira, já com antecedentes, foi condenado apenas por uma, à qual se juntou a punição por condução sem carta. Na sentença, foi ainda absolvido de um crime por posse de arma proibida.

TIROS DISPAROS DISCUSSÃO GAIA
Ver comentários