Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

DISPARARAM TRÊS TIROS PARA ROUBAR LOJA DE ROUPA

Um ‘gang’ de seis elementos, todos do sexo masculino, abalou ontem de madrugada a normalidade na freguesia de S. Martinho do Campo, em Santo Tirso, ao assaltar o pronto-a-vestir e sapataria ‘Luisinha’.
21 de Julho de 2004 às 00:00
O grupo de larápios tinha já roubado uma carrinha Ford Transit branca nas imediações de Santo Tirso, e ao chegar à Avenida Manuel Dias Machado, pelas 2h50, saíram da viatura e partiram a montra do estabelecimento comercial. O estrondo alertou a vizinhança que se dirigiu às varandas para ver o que estava a suceder. Rosa Iria, 43 anos, que vive no primeiro andar do prédio onde se situa a loja ‘Luisinha’ sentiu as pancadas no rés-do-chão e assomou à janela, sendo recebida com um tiro para o ar.
“Fiquei assustada com aquilo tudo, e quando dispararam, o meu marido agarrou-me e puxou-me para dentro”, disse Rosa Iria. Mas preocupada com o que se passava na loja de que já foi proprietária, e que durante a sua gerência foi assaltada por três vezes, tentou novamente ver a acção do grupo, tendo sido presenteada com mais dois tiros. “Ainda consegui ver um deles, não estavam encapuzados e aquele era já um homem feito com cerca de 40 anos”, referiu ainda a vizinha.
O proprietário do pronto-a-vestir, José Leão, foi logo avisado do sucedido. Desolado e resignado, disse à reportagem do CM: “ É o pão nosso de cada dia ”. Apesar de ainda não estar avaliado o prejuízo, José Leão arriscou a dizer que só em roupa foram roubados uns bons milhares de euros.
O ‘gang’ partiu depois em grande velocidade em direcção a Paços de Ferreira, onde a Ford Transit foi posteriormente abandonada.
No local estiveram os inspectores da Polícia Judiciária e a GNR de Santo Tirso, sendo que o grupo de ladrões continua ainda a monte.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)