Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Dívida leva à agressão

José Pires não terá pago um carregamento de droga e, por isso, foi brutalmente agredido, sequestrado e abandonado seminu e amarrado numa ribanceira em Vidago, na quarta-feira à tarde. ‘Pirinhos’, como é conhecido, foi surpreendido por quatro encapuzados quando chegava a uma casa de diversão nocturna em Mos, Vigo, Espanha.
28 de Novembro de 2009 às 00:30
Carro de ‘Pirinhos’ ardeu por completo numa ribanceira em Vidago
Carro de ‘Pirinhos’ ardeu por completo numa ribanceira em Vidago FOTO: direitos reservados

Um dos agressores, apurou o CM, será um homem considerado muito violento e que já cumpriu pena de prisão por tráfico de droga. A Polícia Judiciária do Porto continua a investigar e, até à hora do fecho desta edição, não tinha ainda sido detido qualquer suspeito.

Brutalmente agredido a murro e pontapé, mas também com as coronhas das armas que os indivíduos usaram para o obrigar a entrar na bagageira do seu BMW – que incendiaram perto do local onde foi amarrado a uma árvore –, José Pires ficou com vários hematomas e nem sequer conseguia abrir os olhos. No entanto, menos de 12 horas após ter dado entrada no Hospital de Chaves, ‘Pirinhos’ abandonou a unidade de saúde. Apesar da recomendação médica para permanecer internado, terá assinado um termo de responsabilidade e abandonou o hospital. Ao que apurámos, em causa esteve o medo de poder ser novamente alvo de um ataque por parte dos agressores.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)