Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

DÍVIDAS FECHAM LAR DE IDOSOS

Quarenta e cinco idosos deixaram, anteontem, de poder ir ao lar onde comiam e conviviam, depois do encerramento da Associação Melhoramentos e Beneficência da Freguesia de Abragão, em Penafiel.
18 de Setembro de 2004 às 00:00
Os seis funcionários do lar fecharam as instalações, para mostrar o seu descontentamento face aos dois meses de salários em atraso e à falta de alimentos para os utentes. Ao que o CM apurou, o lar deve dinheiro a vários fornecedores. “Eles às vezes demoravam a pagar, mas acabavam por cumprir, agora já lá vão dois meses e meio”, disse um fornecedor que não se quis identificar.
Como solução transitória, a Junta de Freguesia pediu apoio ao Centro Social e Cultural de Abragão e à Associação de Solidariedade de Vila da Cova, para dividirem entre si as responsabilidades das refeições e apoio ao domicílio aos idosos. Estes, querem uma solução rápida para o problema e queixam-se da falta de atenção dos responsáveis que não vêem há mais de um ano. “Os trabalhadores fizeram o que puderam, mas sem comandante as coisas não funcionam “, desabafa Joaquina da Silva, de 73 anos.
A direcção do lar, através do vice-presidente, José Soares, diz que não se pode responsabilizar pela situação, porque deixaram de receber o subsídio por parte do Ministério da Segurança Social “Há dois meses que nos cortaram o financiamento.”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)