Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Doença adia julgamento

Uma doença da juíza-presidente do colectivo do Tribunal de Loures obrigou ontem ao adiamento, para 25 de Março, do início do julgamento do líder skinhead Mário Machado e de outros sete arguidos. O Ministério Público deduziu contra os arguidos acusações por associação criminosa, ofensas à integridade física, posse de arma proibida, sequestro, roubo, coacção e rapto.
25 de Fevereiro de 2010 às 00:30
Líder skin julgado a 25 de Março
Líder skin julgado a 25 de Março FOTO: Miguel A. Lopes/Lusa

Há quase um ano em prisão preventiva ao abrigo deste processo, Mário Machado é suspeito de ter combinado, em finais de 2008, um negócio de tráfico de droga com João A. À chegada ao local do encontro, a vítima foi espancada, crucificada, queimada com ácido e agredida com um serrote. Além desta situação, Mário Machado responde pela agressão, a tiro, a um elemento dos Hells Angels.

Ver comentários