Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Dois arguidos e quatro mil artigos de pirotecnia aprendidos em operação da PSP em Setúbal

Operação Pyro Fans "visava a recolha da prova material para o desenvolvimento de uma investigação criminal".
19 de Junho de 2019 às 17:33
PSP
Viatura da PSP
Carro da PSP
PSP
Viatura da PSP
Carro da PSP
PSP
Viatura da PSP
Carro da PSP
Duas pessoas foram constituídas arguidas e cerca de quatro mil artigos de pirotecnia foram apreendidos pela PSP, na terça-feira, no distrito de Setúbal, informou esta quarta-feira a força policial.

A PSP revelou, em comunicado, que a apreensão foi realizada no âmbito da operação Pyro Fans "que visava a recolha da prova material para o desenvolvimento de uma investigação criminal".

A investigação, que durou dois anos, "culminou com a execução de quatro mandados de busca, dois domiciliários e dois não domiciliários" nos quais foram apreendidos "3.833 artigos de pirotecnia de diversas categorias e seis munições de arma de fogo calibre 12 GA".

Foram constituídos arguidos dois indivíduos que ficaram sujeitos a termo de identidade e residência.

O mesmo comunicado refere que um dos arguidos "operava através da Internet", nomeadamente na rede social 'Facebook', onde anunciava os produtos e contactava os potenciais compradores.

Durante a investigação "foi possível identificar transações de artigos de pirotecnia com destino a claques de futebol e a outros cidadãos que pretendiam adquirir e fazer uso dos produtos explosivos fora das condições legais", refere o comunicado.
Internet PSP Setúbal Pyro Fans Facebook crime lei e justiça polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)