Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Dois burlões e homicida chegam do Brasil

Um comerciante homicida, um advogado burlão e um homem que se auto-intitulava irmão de José Eduardo dos Santos, presidente de Angola, para cometer burlas milionárias: são estes os três cidadãos, que estavam foragidos no Brasil, que serão agora extraditados para Portugal para cumprir pena.

24 de Março de 2011 às 00:30
Burlão Raúl Diniz foi entregue à PJ
Burlão Raúl Diniz foi entregue à PJ

Gonçalo da Conceição ainda tem de cumprir 13 anos e meio (de uma pena de 16) pelo homicídio de um homem em 2001, no Calhariz de Benfica, Lisboa, crime que cometeu com três irmãos e o pai. Já Raúl dos Santos Diniz, 57 anos, que dizia às suas vítimas ser irmão do presidente de Angola, vai ter de cumprir parte de uma pena de oito anos e meio por dois crimes de burla qualificada praticados em 2004. No Brasil, acabou por tornar-se padre evangélico.

O advogado Júlio César Vieira de Freitas, de 46 anos, que entretanto se casou com uma brasileira, vai ter de responder em Portugal por vários crimes de burla.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)