Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Dois casais de namorados atacados por assaltantes

Dois casais de namorados foram atacados por cinco assaltantes, que tentaram violar uma das raparigas, incendiando um dos automóveis das vítimas, na Trofa. O crime está a ser investigado pela PJ do Porto.
26 de Novembro de 2006 às 00:00
Quando o grupo se preparava para violar a rapariga, chegou um carro que assustou os agressores
Quando o grupo se preparava para violar a rapariga, chegou um carro que assustou os agressores FOTO: Sérgio Freitas
O caso começou cerca da 01h00, quando cinco homens abordaram um casal de namorados, dentro de um jipe, na Praia de Santo André, em Aguçadoura, Póvoa de Varzim.
Os cinco indivíduos, que inicialmente estavam encapuzados, tentaram levar consigo a mulher, de 20 anos, residente em Macieira de Rates, Póvoa de Varzim.
Mas, segundo fonte da Polícia Judiciária, o facto de a vítima ser forte e ter enfrentado os assaltantes levou a que estes desistissem dos seus intentos. Fugiram no jipe das vítimas, que ficaram apeadas, sem quaisquer documento, nem telemóveis.
Os suspeitos dirigiram-se depois até Esposende, pela Estrada Nacional 13, onde na praia, junto às Piscinas Municipais, atacaram outro casal que se encontrava num carro. O ocupante resistiu e, segundo a PJ do Porto, foi brutalmente agredido, ficou inanimado e teve de ser hospitalizado.
A sua mulher foi sequestrada e alvo de tentativa de violação pelos cinco homens. Foi arrancada das mãos do namorado, que entretanto desmaiou vítima das agressões. Levaram-na para uma casa em contrição perto do Estádio do Bougadense, em São Tiago de Bougado, na Trofa. Fizeram-se transportar no jipe e no carro roubados aos dois casais.
Quando se preparavam para violar a vítima, de 24 anos, após um sequestro que durou cerca de uma hora e meia, aperceberam-se da chegada de um carro.
FUGA
Em pânico, incendiaram o jipe das primeiras vítimas, abandonando a jovem dentro do edifício. Os ocupantes do carro estranharam a situação, dirigiram-se à casa e deram com a rapariga, tendo chamado os Bombeiros Voluntários da Trofa e a Guarda Nacional Republicana.
Os assaltantes continuavam a monte ao princípio da noite, disse a Polícia Judiciária, cujo piquete passou o caso para a Secção Regional de Combate ao Banditismo (SRCB) da Polícia Judiciária do Porto.
Os assaltos a casais de namorados, na zona litoral, entre Esposende e Vila Nova de Gaia, são frequentes, embora ultimamente se tivesse registado uma acalmia.
Depois de uma vaga de assaltos, a GNR de Santo Tirso desmantelou uma quadrilha que se dedicava a assaltar namorados, o que contribuiu para baixar o número de roubos.
O caso mais grave ocorreu em Vila do Conde, quando uma quadrilha atacou um casal, junto do Estádio dos Arcos. O ocupante da viatura, agente da PSP de Barcelos, foi atingido por um dos tiros disparados contra o automóvel e ficou paraplégico.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)