Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Dois milhões recuperam ilha

Sociedade Polis Litoral já lançou o concurso público para a empreitada de requalificação
14 de Novembro de 2013 às 14:46
Trabalhos de requalificação nas ilhas têm um prazo de execução previsto de 575 dias
Trabalhos de requalificação nas ilhas têm um prazo de execução previsto de 575 dias FOTO: Vasco Célio

A Sociedade Polis Litoral Ria Formosa acaba de lançar um concurso público para a requalificação de cinco ilhotes e uma ilha, num investimento que ascende a cerca de 2,2 milhões de euros.

Esta intervenção tem como objetivo a renaturalização dos ilhotes de Altura, Côco, Cobra, Ramalhetes e Ratas e da Ilha Deserta, através "da demolição de todo o tipo de estruturas edificadas".

O presidente da Câmara Municipal de Faro, Rogério Bacalhau, revelou ao CM que atualmente apenas existe um pescador a viver numa cabana, no ilhote da Cobra, que vai ser realojado numa casa da autarquia, na Praia da Faro.

A empreitada contempla ainda a realização de trabalhos de limpeza e remoção de equipamentos, barcos, resíduos e materiais associados à atividade humana, bem como o reperfilamento do terreno e plantações com espécies características dos locais em causa.

Segundo consta do concurso público, os trabalhos têm um prazo de execução previsto de 575 dias. Foi definido como principal critério de adjudicação o preço mais baixo das propostas concorrentes. Até 2015, está previsto um investimento total de 22,6 milhões em ações de reabilitação e proteção na ria.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)