Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Doze bombeiros feridos e três concelhos afetados pelo incêndio de Proença-a-Nova, afirma Eduardo Cabrita

Fogo foi dado como dominado esta manhã.
Correio da Manhã 16 de Setembro de 2020 às 11:37
Eduardo Cabrita
Eduardo Cabrita FOTO: Lusa
O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, disse esta quarta-feira aos jornalistas, no posto de comando de Proença-a-Nova, que doze bombeiros ficaram feridos e que três concelhos foram afetados pelo incêndio de Proença-a-Nova, que deflagrou este domingo. No seu pico, o incêndio chegou a mobilizar 1.100 operacionais, apoiados por 18 meios aéreos. "Este incendio teve condiçoes de desenvolvimento extremamente violentas nas primeiras horas", referiu Eduardo Cabrita.

Dos operacionais que ficaram feridos, dois ficaram feridos com gravidade, sendo que um deles já teve alta do Hospital da Universidade de Coimbra e o outro continua internado, mas está livre de perigo. 


O ministro reforçou a ideia de que "não são admissíveis comportamentos negligentes que aumentam o risco e provocam incêndios".

Eduardo Cabrita sugeriu ainda que este incêndio poderá ter tido mão criminosa.

O fogo foi dado como dominado esta manhã.


Eduardo Cabrita Proença-a-Nova incêndios
Ver comentários