Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Duarte Lima perde derradeiro recurso no caso da morte de Rosalina Ribeiro

Está preso na cadeia da Carregueira e partilha cela com quatro reclusos.
Magali Pinto 23 de Setembro de 2019 às 07:51
Duarte Lima
Duarte Lima
Duarte Lima
Duarte Lima
Duarte Lima
Duarte Lima
Duarte Lima
Duarte Lima
Duarte Lima
Duarte Lima
Duarte Lima
Duarte Lima
Duarte Lima perdeu o derradeiro recurso, no Brasil, no caso da morte de Rosalina Ribeiro (2009).

O ex-líder parlamentar do PSD insiste em não ser julgado em Portugal pela morte a tiro da companheira do milionário Lúcio Tomé Feteira, sua cliente na altura, mas a Justiça brasileira não desiste de enviar as provas do processo para o nosso país, a fim de evitar que o crime praticado em Maricá, perto de Rio de Janeiro, acabe impune.

Sendo assim, o Supremo Tribunal Federal do Brasil decidiu rejeitar mais um recurso extraordinário, justificando que não há possibilidade de extraditar Lima para ser julgado por homicídio.

Segundo a acusação, apropriou-se de cinco milhões de euros da vítima, considerando o Ministério Público brasileiro que este é o motivo do crime.

Aliás, Lima vai voltar a responder pelo crime de apropriação dessa quantia, no Campus de Justiça em Lisboa - tinha sido absolvido, mas a Relação anulou a decisão e mandou repetir o julgamento.

Está preso na cadeia da Carregueira, a cumprir pena (seis anos) por burla e branqueamento de capitais no processo BPN/Homeland.

Partilha cela com quatro reclusos.
Duarte Lima Rosalina Ribeiro Campus de Justiça Brasil Lima crime lei e justiça julgamentos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)