Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

DUAS ALUNAS AMARRADAS

A Polícia Judiciária de Leiria está a investigar o caso de duas alunas da Escola Gualdim Pais, em Tomar, encontradas amarradas numa casa em ruínas próximo das piscinas municipais da cidade.
26 de Junho de 2003 às 02:24
As estudantes, de 14 e 16 anos, foram encontradas em “estado de choque” por um popular, mas depois de sujeitas a exames médico-legais em Coimbra não lhes terão sido detectados quaisquer sinais de violência, revelou ontem um conhecedor deste processo.
Mais tarde, as jovens viriam a confessar que haviam “encenado” o alegado sequestro, ocorrido há oito dias, ao que se presume na sequência de um filme que tinham visto.
Segundo os pais das alunas e as próprias autoridades policiais, “não haverá razões para preocupações de maior”, mas o processo ainda não está encerrado e foi encaminhado pela PSP de Tomar para a Polícia Judiciária.
Esta é a segunda simulação protagonizada por jovens este mês, depois de no dia 16 uma rapariga de 21 anos, do Laranjeiro, ter afirmado que fora sequestrada e violada 10 vezes por três homens, um com sotaque estrangeiro, o que viria a provar-se ser falso.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)