Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Duas mil assinaturas pelo tabaco

O presidente da Associação de Discotecas Nacional, Francisco Tadeu, disse ontem que já foram recolhidas “cerca de 2000 assinaturas” para pedir alterações à Lei do Tabaco, prevendo que a petição atinja as cinco mil necessárias para ser discutida na Assembleia da República até dia 20.
9 de Janeiro de 2008 às 00:00
“Queremos que a Lei seja ratificada em duas situações, nomeadamente que o dono do estabelecimento possa optar se quer um local de fumo ou não e que deixe de existir coima para o proprietário quando um cliente viola a legislação”, explicou o responsável.
Sobre a coima a aplicar aos proprietários quando as pessoas são apanhadas a fumar nos estabelecimentos, Francisco Tadeu disse “não fazer qualquer sentido”, lembrando que apenas se pode “chamar a atenção aos clientes, mas não controlar e fiscalizar toda a gente”. Nesta primeira semana notou-se “algum decréscimo de clientes” nas discotecas.
Por sua vez, o secretário-geral da Associação de Restauração e Similares de Portugal (ARESP), José Manuel Esteves, fez um balanço positivo sobre a primeira semana da aplicação da nova Lei do Tabaco.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)