Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Duas toneladas de marisco ilegal

Berbigão, amêijoa e conquilha capturados sem licença nem registo foram apreendidos por militares do Destacamento de Controle Costeiro da GNR
27 de Julho de 2013 às 01:00

Cerca de duas toneladas de bivalves, nomeadamente berbigão, amêijoa e conquilha, foram apreendidas pelo Destacamento de Controlo Costeiro de Olhão da GNR no âmbito de uma ação de fiscalização desencadeada nas zonas de Portimão, Olhão e Vila Real de Santo António.

Na operação, realizada durante todo o dia de anteontem, foram constituídos arguidos cinco indivíduos, a quem foram instaurados outros tantos autos de contraordenação por exercício de apanha de moluscos/bivalves sem o devido licenciamento e ainda por a inexistência do documento de registo de acompanhamento dos mesmos.

Segundo o CM apurou junto de fonte do Comando do Destacamento, só de berbigão foram apreendidos 1950 quilos, nas proximidades da lota de Olhão, em três situações diversas, que deram origem a um auto contra desconhecidos, outro por falta de licença e outro por falta de registo.

De conquilha foram apreendidos 13 quilos, a dois mariscadores: um tinha nove quilos e o outro quatro. Este último tinha ainda na sua posse cinco quilos de amêijoa, que também foram apreendidos pelos militares. Estas apreensões ocorreram na zona do mercado municipal de Altura, em Castro Marim.

Foi dado conhecimento das apreensões à Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos e Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE).

Quanto aos bivalves, foram devolvidos pela GNR ao seu habitat natural, na Ria Formosa.

ILEGAL MARISCO APREENSÃO PORIMÃO OLHÃO VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)