Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Dupla armada leva dinheiro e aliança

Depois de servir vários jantares, Frederico Domingos, de 55 anos, já só esperava que o relógio marcasse as 23h00 para fechar as portas do restaurante O António, na Venda Nova, Amadora. No entanto, na noite de anteontem, ainda haveria de receber a visita de mais dois ‘clientes’ indesejados que, de arma de fogo em punho, conseguiram roubar 200 euros da caixa, bem como uma aliança e um telemóvel.

23 de Dezembro de 2011 às 01:00
Frederico Domingos, ameaçado com uma pistola, foi obrigado a deitar-se no chão e a entregar o dinheiro que tinha na caixa
Frederico Domingos, ameaçado com uma pistola, foi obrigado a deitar-se no chão e a entregar o dinheiro que tinha na caixa FOTO: Pedro Catarino

Frederico Domingos, já com o restaurante praticamente arrumado, após a hora de jantar ter sido movimentada, tinha de esperar 20 minutos para encerrar o restaurante. Encontrava-se na companhia do cunhado.

"Eram 22h40 e eu estava apenas a fazer passar o tempo, já que não tinha clientes. Estava sentado à mesa a jogar o Sudoku quando os dois rapazes, um deles de cara totalmente tapada, entraram pela porta sem fazer qualquer barulho", começou por contar ao CM o proprietário do restaurante.

"O meu cunhado estava atrás de mim, na zona do balcão, e um dos ladrões chegou ao pé de mim e com a mão deu-me um safanão na cabeça. Foi nessa altura que reparei que ele estava armado com uma pistola".

A partir daí, as vítimas viveram momentos de pânico, sempre debaixo da mira da pistola. "O rapaz mandou-me deitar no chão e depois começou a gritar que queria todo o dinheiro. Eu disse que estava na caixa-registadora e ele pegou em mim para lhe abrir a caixa, mandando-me novamente deitar".

Insatisfeitos com o resultado do roubo, os ladrões, aparentando ter entre os 18 e 20 anos, ainda se viraram para o cunhado do proprietário, que não ofereceu qualquer resistência. Retiraram-lhe do dedo a aliança de casamento, bem como o telemóvel pessoal.

MULHER ATACA DOIS LADRÕES COM GARFO

Dois homens, também eles armados com uma pistola, atacaram há aproximadamente uma semana um outro restaurante, o Tropical, no Olival de Basto, Odivelas, tendo espancado a proprietária, que teve de receber assistência num hospital de Lisboa. A mulher estava sozinha no restaurante e, assim que se apercebeu do assalto, pelas 20h45, pegou num garfo e fez frente aos ladrões, atingindo um deles na barriga. Estes acabaram por agredir por diversas vezes a mulher, de 55 anos, com coronhadas na cabeça, deixando-a a sangrar no chão. Dirigiram-se então à caixa-registadora, de onde tiraram cerca de 150 euros. Antes de abandonarem o restaurante, ainda atiraram um caixote do lixo para cima do corpo da vítima.

RAPARIGA ROUBA FARMÁCIA COM REVÓLVER

Uma rapariga, aparentando apenas cerca de 20 anos e armada com um revólver, assaltou ao final da tarde de anteontem a farmácia Silva Monteiro, na Ramada, Odivelas, fugindo com 300 euros da caixa-registadora. A mulher entrou no espaço e pediu uns medicamentos à única funcionária de serviço. De seguida, apontou-lhe a arma e disse para esta lhe dar o dinheiro e para estar quieta, dizendo que no exterior estavam mais três amigos prontos a atacar. A vítima acabou por entregar o dinheiro, com a esta a colocar-se em fuga para parte incerta.

AMADORA ROUBO ASSALTO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)