Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Dupla de Fátima ataca outra vez

Dois homens armados e encapuzados entraram ontem numa dependência bancária de Alcanena, apontaram as armas aos funcionários e fugiram com dinheiro. As autoridades policiais desconfiam de que se trata da mesma dupla que assaltou um banco em Fátima, em plena peregrinação de Outubro, pela forma rápida e destemida como actuou.

3 de Novembro de 2010 às 00:30
As autoridades suspeitam de que os ladrões sejam os mesmos que assaltaram o Montepio da Cova da Iria
As autoridades suspeitam de que os ladrões sejam os mesmos que assaltaram o Montepio da Cova da Iria FOTO: Simulação

Tal como na Cova da Iria, os dois ladrões pouco se importaram com a proximidade das forças de segurança ou do movimento gerado pelas instituições públicas. O posto da GNR fica a pouco mais de uma centena de metros, e o edifício dos Paços do Concelho é mesmo ali ao lado. Apesar disso, ontem, à hora de almoço, a dupla entrou de caçadeira em riste na agência do Millennium, apoderou-se de uma quantia em dinheiro que está por apurar e pôs-se em fuga num Opel Corsa.

"Foi tudo muito rápido", disse fonte policial ao CM, destacando as semelhanças entre este assalto e o ocorrido a 12 de Outubro, numa dependência do Montepio Geral em Fátima. Dessa vez, os ladrões também actuaram durante a hora de almoço, nas proximidades do Santuário, com centenas de peregrinos e dezenas de militares da GNR a circular nas ruas.

Por se tratar de um assalto a uma instituição de crédito, o caso foi transmitido à Unidade Nacional Contra-Terrorismo da PJ.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)