Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Dupla presa por furtos de 300 mil euros em jantes

Dois assaltantes condenados a prisão efetiva. Empresários de automóveis e namorada de um dos ladrões levam penas suspensas.
Paulo Jorge Duarte 17 de Julho de 2019 às 08:59
Dupla presa por furtos de 300 mil euros em jantes
Prisão
Algemas
Dupla presa por furtos de 300 mil euros em jantes
Prisão
Algemas
Dupla presa por furtos de 300 mil euros em jantes
Prisão
Algemas
Cinco arguidos foram esta terça-feira condenados, em Penafiel, por 37 crimes de furto qualificado, auxílio material e recetação, em 14 localidades do Grande Porto.

Manuel Ribeiro e Miguel Cunha, a dupla que roubou jantes e pneus de carros de luxo em garagens coletivas de 36 prédios - causando um prejuízo superior a 300 mil euros - apanharam as penas mais pesadas: seis e sete anos e meio de cadeia, respetivamente.

Dois empresários do ramo automóvel, de Braga, levaram dois anos e meio, pena suspensa, por recetação. Daniela Ribeiro cumprirá uma pena suspensa de um ano, por auxílio.

Os crimes foram cometidos entre 2016 e o ano passado. Manuel Ribeiro e Miguel Cunha, residentes em Gondomar, lesaram mais de 100 pessoas com os furtos que efetuaram em garagens coletivas. Num dos assaltos, ainda roubaram um carro. Acabaram detidos pela PSP e ficaram em prisão preventiva.

Daniela Ribeiro, companheira de Manuel Ribeiro, vendia as peças roubadas através de plataformas digitais. Já Hugo Silva e Marco Soares, empresários, compraram diretamente à dupla de assaltantes vários artigos de automóveis - avaliados em 30 mil euros a preço de mercado - por apenas 8500 euros.

Os dois assaltantes condenados a penas de prisão efetiva terão ainda de pagar, ao todo, cerca de 15 mil euros às vítimas. Já os dois empresários, sentenciados a penas suspensas, terão de entregar uma indemnização solidária de 4500 euros aos bombeiros de Penafiel.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)