Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Duplo homicida alemão do Pico sem vigilância especial na cadeia

Tomislav Jozic está numa cela do rés do chão e tem direito a um recreio normal com os restantes reclusos.
Miguel Curado e Sérgio A. Vitorino 25 de Setembro de 2022 às 01:30
Mário Coucelos tinha 74 anos
Propriedade do homicida, onde terá queimado os corpos
Mulher foi detida por cumplicidade
Mário Sobral tinha 65 anos
Mário Coucelos tinha 74 anos
Propriedade do homicida, onde terá queimado os corpos
Mulher foi detida por cumplicidade
Mário Sobral tinha 65 anos
Mário Coucelos tinha 74 anos
Propriedade do homicida, onde terá queimado os corpos
Mulher foi detida por cumplicidade
Mário Sobral tinha 65 anos
Quando a ministra da Justiça, Catarina Sarmento e Castro, visitou terça-feira a cadeia de apoio da Horta, na ilha do Faial, Açores, Tomislav Jozic era o recluso mais recente: tinha chegado na véspera, vindo do Pico, em prisão preventiva por suspeitas de ter abatido a tiro e queimado os corpos de dois homens que andavam a ver terrenos junto à sua propriedade.

Segundo apurou o CM, Tomislav Jozic é o recluso número 48, embora a cadeia apenas tenha atualmente 13 (de uma lotação máxima de 17) que são vigiados por 15 guardas prisionais. Fonte do sistema prisional adianta ao nosso jornal que o alemão “não tem vigilância especial”. Está numa cela normal, no rés do chão da cadeia. Tem direito a um recreio normal, sem separação dos restantes reclusos.

A cadeia da Horta não tem quaisquer “condições de higiene e salubridade” - palavras da ministra -, e o provedor de justiça assinalou em 2015 que estava ao “abandono” em termos de apoio de técnicos aos reclusos, pelo que chegou a estar agendado o seu encerramento. Agora tem apenas celas individuais. O Governo decidiu entretanto realizar obras no presídio que acolhe reclusos preventivos e condenados das ilhas do Faial, Pico, Flores e Corvo. “Estas condições que aqui encontrámos são condições que precisam de ser mudadas muito rapidamente. Temos que trabalhar, temos que estudar”, afirmou a ministra no final da visita à cadeia da Horta.

Entretanto, a Polícia Judiciária continua o trabalho de procura pelos restos mortais de Mário Coucelos, de 74 anos, e Mário Sobral, de 65, ambos mortos por Tomislav Jozic. A mulher deste, Rute, também alemã, foi detida por suspeita de envolvimento. Libertada, vai quinta-feira a tribunal.

Tomislav Jozic terá cometido o crime no dia 10 - uma semana após ter completado o 60º aniversário. Matou porque não queria ter vizinhos.

SAIBA MAIS
12 018
reclusos nas cadeias portuguesas a 15 de setembro. São mais 630 presos que os existentes a 1 de janeiro. Destes, 2359 são presos preventivos - como Tomislav Jozic. Os restantes estão a cumprir pena.

Prisão de proximidade
A cadeia de apoio da Horta integra o Estabelecimento Prisional de Angra do Heroísmo. Fica em Santo Amaro, na ilha do Faial. Existe para “a manutenção dos contactos e apoio das famílias aos reclusos” das ilhas do Faial, Pico, Flores e Corvo, auxiliando a reabilitação dos reclusos.
Ver comentários