Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Duzentos inspetores do SEF controlam 30 milhões de passageiros

Governo abriu esta segunda-feira curso para 100 novos operacionais. Há 15 anos que não havia incorporações.
Miguel Curado 15 de Outubro de 2019 às 10:06
Cem candidatos ao curso de formação de inspetores do SEF, que ontem começou no Barreiro
Ministro Eduardo Cabrita defendeu parceria assinada com Ministério da Defesa
Cem candidatos ao curso de formação de inspetores do SEF, que ontem começou no Barreiro
Ministro Eduardo Cabrita defendeu parceria assinada com Ministério da Defesa
Cem candidatos ao curso de formação de inspetores do SEF, que ontem começou no Barreiro
Ministro Eduardo Cabrita defendeu parceria assinada com Ministério da Defesa
Duzentos inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) prestam serviço no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, que, segundo admitiu ontem o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, vai terminar o corrente ano com um movimento superior a 30 milhões de passageiros.

Para o Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização do SEF (SCIFSEF), este é um exemplo do grave défice de efetivos com que esta força de segurança se debate.

Apesar desta segunda-feira ter começado um novo curso de inspetores, - o primeiro desde 2004, e que tem 100 alunos -, Acácio Pereira, presidente do SCIFSEF, disse ao CM que continuam "situações de défice". "O aeroporto de Lisboa é o mais movimentado, mas também o do Porto, Faro e Regiões Autónomas contam com um efetivo insuficiente."

Por isso, defende o responsável, agora que já se retomaram os concursos externos de admissão (o último tinha sido em 2004), "o ideal seria a realização de um concurso por ano". "Até 2021 estimamos que saiam 100 operacionais do SEF para a reforma. Os que agora começam a formação, só entrarão ao serviço em finais de 2020, por isso, o défice vai manter-se", acrescentou.

Eduardo Cabrita, por seu turno, subscreveu, com a secretária de Estado da Defesa, Ana Santos Pinto, o acordo que permite aos 100 futuros inspetores do SEF que ontem iniciaram o curso receberem aulas teóricas na Escola de Fuzileiros de Vale de Zebro, no Barreiro. "Esta parceria insere-se no quadro de uma visão que defendo há anos", concluiu.

PORMENORES
Média de idades
O curso de formação de inspetores do SEF, que ontem se iniciou, conta com 100 alunos (44 mulheres e 56 homens). A média de idades dos candidatos é 28 anos. Terá fases teóricas e práticas.

Última semana
Eduardo Cabrita frisou a curiosidade de estar a inaugurar o curso de formação de inspetores do SEF, "na última semana de vigência do 21º Governo institucional" do qual faz parte.

Terrorismo
A secretária de Estado da Defesa, Ana Santos Pinto, frisou a "colaboração, que já existe, entre as Forças Armadas e o SEF, em áreas tão diversas como o combate ao terrorismo".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)