Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

EDP ameaça com corte de luz na sede da PSP por falta de pagamento

Dívida de 1489,26 euros deve ser paga até esta terça-feira.
Miguel Curado 14 de Janeiro de 2020 às 01:30
Agentes da PSP
PSP
Agentes da PSP
PSP
Agentes da PSP
PSP
A EDP já ameaçou a PSP com pelo menos dois avisos de corte de luz na sede desta força de segurança, na Penha de França, Lisboa.

Em causa está uma dívida de 1489,26 euros que, segundo uma das cartas recebidas pela PSP, deve ser paga até hoje.

A denúncia foi feita ao CM pelo Sindicato dos Profissionais de Polícia (SPP), e confirmada pela própria PSP. Fonte oficial admitiu ao CM, no entanto, a receção de apenas um aviso de corte de luz.

"Trata-se de um procedimento automático da EDP, mas a dívida será paga antes da eventual receção de um segundo aviso", garantiu a mesma fonte. Para o SPP, no entanto, este é mais um caso que prova que "a segurança não pode ser sujeita a cativações orçamentais".

"Lamentamos que uma instituição com poderes de segurança, como é o caso da PSP, veja as cativações orçamentais impedir o normal funcionamento das coisas mais básicas, como é o caso do pagamento das contas e a reparação de viaturas", explicou Mário Andrade.

O responsável aponta ainda às cativações orçamentais "a responsabilidade pela quantidade enorme de viaturas que a PSP tem para arranjar".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)