Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

EDP promete investimento em investigação de energias limpas

EDP promete na ONU investimento de 200 milhões.
26 de Setembro de 2015 às 18:40
O presidente executivo da EDP António Mexia
O presidente executivo da EDP António Mexia FOTO: Miguel A. Lopes/Lusa

A EDP apresentou este sábado na ONU um conjunto de medidas de combate às alterações climáticas que inclui um investimento de 200 milhões de euros até 2020 em parcerias de investigação e desenvolvimento de tecnologias limpas, eficiência energética e redes inteligentes.

"O empenho em fornecer energia competitiva, baseada em soluções de baixos níveis de carbono capazes de assegurar crescimento económico sustentável é central na estratégia da EDP. Mas achamos que temos todos de fazer mais. Ao comprometer-se, com metas quantificadas, perante o mundo, a EDP está a dar o seu contributo e a mostrar que é possível ser mais ambicioso no combate às alterações climáticas", disse à Lusa o presidente executivo da EDP, António Mexia.

Durante o fórum, o responsável comprometeu-se ainda com outras quatro medidas: ultrapassagem de 75% de energias renováveis em capacidade instalada até 2020, a promoção de ganhos de eficiência energética junto da base de clientes equivalentes a 1TWh até 2020, o reforço da instalação de contadores inteligentes atingindo os 90% dos pontos de entrega baixa tensão na Península Ibérica até 2030 e, finalmente, uma redução de 75 por cento nas emissões de CO2 entre 2005 e 2030.

Mexia participava num fórum com empresas do setor privado que acontece no âmbito da Cimeira do Desenvolvimento Sustentável, que acontece entre sexta-feira e domingo.

EDP ONU António Mexia energia energias renováveis Cimeira do Desenvolvimento Sustentável
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)