Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Égua maltratada acaba por morrer

Perna partida foi fatal para o animal deixado para morrer.
Tiago Griff 17 de Dezembro de 2016 às 13:14
Francisca ainda foi resgatada por voluntários para o Canil de São Francisco de Assis mas acabou por morrer
Francisca ainda foi resgatada por voluntários para o Canil de São Francisco de Assis mas acabou por morrer FOTO: Nuno Alfarrobinha
A égua que foi deixada para morrer num pinhal, em Almancil, e que foi resgatada pelos voluntários do Canil de São Francisco de Assis, em Loulé, acabou ontem por morrer. O animal teve de ser eutanasiado na sequência de uma fratura grave numa pata. A responsável do canil lamenta o abandono recorrente de animais na região.

"Ela tinha um inchaço na perna que pensávamos que era apenas uma inflamação, mas, quando desinchou, o veterinário reparou que a perna estava, de facto, partida", conta ao CM Lilo Kranendonk, do Canil de São Francisco de Assis. Devido ao grave ferimento na perna (quase sempre fatal para os cavalos), a égua, que já tinha o nome de Francisca, foi eutanasiada pelo veterinário. Um momento que deixou muito transtornados os voluntários que na quarta-feira a tinham resgatado de um terreno no Corgo da Zorra, em Almancil, Loulé.

"Ficámos muito tristes. Pensávamos mesmo que ela ia conseguir superar tudo porque, apesar de estar muito subnutrida, já comia cenouras e feno e bebia água", lamentou a responsável do canil, lembrando que "pelo menos teve boas horas finais onde foi acarinhada".

A égua tinha sido abandonada por elementos de um acampamento que está situado na zona, por estar ferida e já não ter utilidade. "Se não a tivéssemos resgatado tinha morrido a sofrer, ao frio e à chuva. É lamentável", afirma Lilo, que todos os anos recebe no canil cerca de oito cavalos abandonados ou vítimas de maus-tratos.
Almancil São Francisco de Assis Loulé Lilo Kranendonk Corgo animais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)