Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Emigrantes roubados por falsos polícias

Casal foi parado por ‘polícias’ que levaram 600 euros.
Liliana Rodrigues 14 de Julho de 2016 às 08:33
Adelino  Pereira voltava com a mulher e a neta, de 14 anos, da Suíça
Adelino Pereira voltava com a mulher e a neta, de 14 anos, da Suíça FOTO: CMTV
Um casal de emigrantes foi assaltado por falsos polícias quando regressava da Suíça para Joane, em Famalicão, e circulava numa autoestrada perto de Barcelona, em Espanha. Os ladrões revistaram as carteiras das vítimas e fugiram com mais de 600 euros. No banco de trás seguia uma neta, de 14 anos, que ficou em pânico.

O crime foi executado no sábado, por profissionais, que abordaram o casal de emigrantes – colocaram-se ao lado do automóvel das vítimas – em plena luz do dia. "Mandaram-me encostar o carro, mostraram-me o crachá da polícia e, como insistiam, acabei por fazê-lo. Pensei que, estando na autoestrada, nada deste género poderia acontecer", conta Adelino Pereira, 66 anos, que conduzia o Mercedes. Eram 13h50.

"Ele fez a continência e mostrou de novo o crachá. Depois, pediu-me os documentos, ao mesmo tempo que dizia que tínhamos droga. Negámos. E ele, ao ver as carteiras abertas, pediu o dinheiro. Começou a cheirar as notas e a dizer que cheiravam a droga. Mandou-me sair do carro e, nessa altura, entra para o Volvo deles e arrancam. Nunca mais os vi", acrescenta.
Suíça Joane Famalicão Barcelona Adelino Pereira crime lei e justiça assalto emigrantes
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)