Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Empresa ameaça recorrer à Justiça

A empresa que comercializa o suplemento alimentar Depuralina em Portugal admite recorrer à Justiça caso não obtenha do Ministério da Agricultura respostas para a suspensão da venda do produto decretada terça-feira, disse esta qyuarta-feira fonte da empresa.
2 de Abril de 2008 às 14:49
Em conferência de imprensa, Miguel Angel Isidro, director técnico e do laboratório da empresa que comercializa a Depuralina, informou que irá reunir-se hoje com o Ministério da Agricultura em busca de respostas para a suspensão.
O responsável diz esperar que na reunião com o Gabinete de Planeamento e Políticas do Ministério da Agricultura fiquem esclarecidos quais os motivos da suspensão da venda do produto e que a situação volte a ser a mesma que era na segunda-feira.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)