Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Empresário chinês acusado de fogo fatal: “Fiquei muito triste com o incêndio”

Chenglong Li disse que nunca pensou que algo do género fosse acontecer.
José Eduardo Cação 12 de Setembro de 2020 às 09:48
Chenglong Li
Chenglong Li FOTO: CMTV
O empresário chinês Chenglong Li concluiu esta sexta-feira o seu depoimento no julgamento em que está acusado de mandar atear um fogo num prédio no Porto, em março do ano passado, que matou um homem de 55 anos.

Disse que ficou muito triste com o incêndio e nunca pensou que algo do género fosse acontecer.

Referiu ainda que saiu prejudicado com a tragédia, porque pagou 20 mil euros para que a estrutura fosse mantida.

Um outro suspeito negou tudo.
Chenglong Li Porto crime lei e justiça crime questões sociais fogo posto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)